Fenômeno registrado em 21/02/2020 por volta das 02:29:26 (UTC) pela câmera TLP2 da estação de monitoramento de Florianópolis-SC.
A fase luminosa, que durou 0.066733 segundos, teve um pico de magnitude de 0.611539, iniciou-se no azimute 8.304088 com uma elevação de 59.597061° e altitude estimada de 94.349442 km sobre as coordenadas -27.107544, -48.510067.

O meteoro entrou na atmosfera com uma velocidade inicial estimada de 28.627153 km/s.
O trajeto visível desapareceu no azimute 8.456527 com 58.667973° de elevação e altitude provável de 93.538185 km sobre as coordenadas -27.093924, -48.506329.

A análise sugeriu também que este meteoro possivelmente pertence à chuva denominada beta Tucanids identificada pelo código 00108 BTU da IAU.
Esta chuva está relacionada ao corpo parental: C/1976 D1 (Bradfield) .


Referência: 1) Rudawska and Jenniskens, 2014